4 de abr de 2012

-

"E quem sabe se os vaga lumes, luzindo cá embaixo, não seriam para mim como rimas das estrelas, e esta viva metáfora não me daria os versos esquivos, com os seus consoantes e sentidos próprios?"
[Dom Casmurro, Machado de Assis] 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sorriso